Venezuela afirma que China dará US$ 5 bi para impulsionar produção de petróleo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou que a China concordou em fazer um empréstimo de US$ 5 bilhões para impulsionar a produção de petróleo e apoiar programas do governo no país.

Estadão Conteúdo

02 Setembro 2015 | 00h09

Maduro afirmou nesta terça-feira que a Venezuela já recebeu a quantia da China, que será paga em carregamentos de petróleo.

A China é o maior credor da Venezuela e já emprestou mais de US$ 40 bilhões nos últimos cinco anos, a maioria pago em petróleo. A Venezuela vende para a China mais de 600 mil barris de petróleo por dia.

A Venezuela sofre no momento com uma recessão e uma crise de caixa, devido, em parte, à forte queda nos preços do petróleo - que corresponde a mais de 95% das receitas de exportação do país. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.