Venezuela anuncia ajuda de US$ 1,5 milhões à bolivianos

O governo da Venezuela patrocinará a criação de uma rede de rádios comunitárias na Bolívia com uma ajuda de US$ 1,5 milhões, informaram fontes oficiais do governo boliviano. O objetivo é democratizar a comunicação no país.O novo diretor de Comunicação do Palácio do Governo, Alex Contreras, disse que a rede será composta por 109 rádios que serão instaladas em várias províncias do país. Para Contreras o projeto servirá para evitar que o controle da mídia fique nas mãos de poucos. Durante a campanha eleitoral, o recém-eleito presidente boliviano Evo Morales afirmou que os meios de comunicação do país formaram um complô com o objetivo de comprometer sua campanha. Inicialmente, o projeto se aplicará somente às rádios, mas Contrera não descarta a possibilidade de que iniciativas semelhantes sejam tomadas para a rede televisiva.Almoço com militaresNesta quarta-feira, o presidente da Bolívia, Evo Morales, almoçou com os integrantes do regimento da escolta presidencial Colorados da Bolívia.O almoço de Morales com os soldados no quartel dos Colorados acontece um dia após o presidente surpreender a todos, nomeando uma nova junta militar, colocando 28 generais na reserva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.