Venezuela anuncia prisão de suposto líder das Farc

As autoridades venezuelanas detiveram, no oeste do país, um homem considerado comandante intermediário das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). A informação sobre o caso foi divulgada hoje pela secretária de Segurança do Estado de Zulia, Odalis Caldera, no oeste da Venezuela. Yainer Esneider Acosta Peña, suposto membro das Farc, foi detido ontem em Zulia "por possuir uma identidade falsa", afirmou Odalis. A secretária disse que Peña, de 34 anos, "é procurado por terrorismo e rebelião" na Colômbia.

AE-AP, Agencia Estado

24 de abril de 2009 | 16h12

"Não adiantamos que pertença a um comando guerrilheiro, ainda que se presuma que seja assim", prosseguiu. O preso foi apresentado a um tribunal de Zulia e posteriormente levado até a fronteira, "onde já uma comissão da Direção de Administração e Segurança (DAS) o espera para transportá-lo e confirmar sua identidade", segundo a secretária.

Tudo o que sabemos sobre:
FarcVenezuelaColômbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.