Venezuela divulga primeiras fotos de Chávez em dois meses

Presidente aparece ao lado das filhas lendo o jornal cubano 'Granma'

estadão.com.br,

15 de fevereiro de 2013 | 13h36

HAVANA - O governo da Venezuela divulgou nesta sexta-feira, 15, as primeiras fotos do presidente Hugo Chávez desde que ele foi submetido a uma cirurgia para tratar um câncer, no dia 11 de dezembro, em Cuba. Nas fotografias, Chávez aparece sorridente, deitado em um leito de hospital enquanto lê o jornal cubano Granma ao lado de suas filhas, Rosa Virginia e María Gabriela. Ele está conectado a aparelhos para auxiliar a respiração.   

O líder bolivariano continua na ilha e não foi visto ou ouvido em público desde a operação. Chávez não participou da própria cerimônia de posse que dava início ao seu terceiro mandato, no dia 10 de janeiro, levando o governo a adiar a tomada de posse indefinidamente sob uma interpretação - muito criticada pela oposição - da Constituição.

De acordo com o ministro venezuelano da Informação, Ernesto Villegas, Chávez ainda tem dificuldade para respirar, mas encontra-se plenamente consciente e acompanha as atividades da presidência. As imagens foram feitas quinta-feira, disse Villegas.

O governo venezuelano não divulgava imagens de Chávez desde seu embarque para Cuba. A situação alimentou especulações e rumores sobre as condições de saúde do presidente depois da cirurgia.

Opositores de Chávez vinham pressionando por mais informações sobre a saúde do chefe de Estado e questionavam o fato de ele não ter conversado por telefone com a televisão local nos últimos meses, como costumava fazer em viagens anteriores para tratamento em Cuba.

Durante a batalha contra o câncer, detectado pela primeira vez em junho de 2011, Chávez recusou-se a abandonar os poderes da presidência. Mas antes desta última cirurgia, o presidente venezuelano designou seu vice, Nicolás Maduro, como sucessor.

Com informações da Dow Jones e da Associated Press

Tudo o que sabemos sobre:
VenezuelaHugo Chávez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.