Venezuela eleva limite de preços para pães e massas

A Venezuela elevou os limites de preço de alimentos como pães e massas por causa do aumento nos custos das commodities, que coloca pressão sobre o valor de produtos importados. As massas tiveram o aumento de preço mais significativo, de 33%, para 4,33 bolívares por quilo, enquanto o preço dos pães subiu 24%, para 5,52 bolívares por quilo.

GUSTAVO NICOLETTA, Agência Estado

23 de março de 2011 | 18h05

Como a Venezuela não produz trigo, precisa importar grandes quantidades do cereal para suprir a demanda local, segundo o ministro da Alimentação, Carlos Osorio, durante um pronunciamento na rede de televisão estatal. A edição de ontem do Diário Oficial afirmava que o aumento no custo das importações de alguns bens está pressionando o governo a aumentar os preços.

A taxa de câmbio oficial do bolívar é de 4,3 bolívares por dólar. Em fevereiro, o banco central da Venezuela divulgou que em fevereiro a inflação dos últimos 12 meses estava em 28,7%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelalimitepreçospães e massas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.