Venezuela expulsa 3 funcionários consulares dos EUA

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou a expulsão de três funcionários consulares dos EUA. Em discurso televisionado na noite de domingo, Maduro não identificou os funcionários, mas os acusou de se infiltrarem nas universidades venezuelanas sob o disfarce de realizarem trabalho consular para minar o governo.

AE, Agência Estado

17 de fevereiro de 2014 | 00h13

O presidente da Venezuela também afirmou que o embaixador venezuelano para a Organização dos Estados Americanos em Washington recebeu uma chamada por telefone do Departamento de Estado dos EUA alertando que a prisão do líder oposicionista Leopoldo López traria consequências internacionais negativas ao governo da Venezuela. Maduro declarou que não irá tolerar "ameaças" à soberania do país. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelaeuaimpasse

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.