Venezuela extradita Vito Genco para a Itália

A Venezuela extraditou neste domingo o italiano Vito Genco, desaparecido desde 1995 após ser julgado sobre o envio mais de 10 toneladas de cocaína para a Itália, informou o subdiretor do corpo nacional de detetives da Venezuela, Douglas Rico.

AE, Agência Estado

04 Maio 2014 | 21h13

Genco, de 65 anos, foi capturado em 8 de abril nas imediações de um centro comercial na cidade de Valencia, a cerca de 150 quilômetros de Caracas, informou Rico, por meio do Twitter. Segundo outro funcionário do governo venezuelano, a viagem para a Itália foi conduzida por agentes da Interpol.

O procurado sumiu em 1995 depois que um tribunal o absolveu. Posteriormente, novas evidências demonstraram que Genco participou do tráfico de 11 toneladas de cocaína da Colômbia para a Itália em março de 1994, sendo que mais de cinco toneladas foram interceptadas pela polícia, que com isso conseguiu desarticular o grupo mafioso Cuntrera Caruana. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
VENEZUELA ITÁLIA TRAFICANTE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.