Fernando Llano / AP
Fernando Llano / AP

Venezuela lembra dois anos da morte de Chávez

Governo de Nicolás Maduro organizou eventos e marchas para homenagear o líder bolivariano

O estado de S. Paulo

05 Março 2015 | 11h39


CARACAS - A Venezuela lembra nesta quinta-feira, 5, dois anos da morte do líder bolivariano Hugo Chávez. Na quarta, o chefe de governo do Distrito Capital de Caracas, Ernesto Villegas, anunciou que o governo terá uma "programação intensa".

As homenagens começaram durante a madrugada com uma queima de fogos para o líder da "revolução bolivariana". Às 16h25 (horário local), hora em que Chávez morreu, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, fará uma deferência no Quartel da Montanha, onde estão os restos mortais do ex-presidente.

O ministro da Defesa, Vladimir Padrino López, informou que os quartéis de todo o país terão o toque de alvorada em homenagem ao líder e na Praça de Bolívar será escutado o hino nacional.

Chávez, que presidiu Venezuela de 1999 a 2013, morreu em consequência de um câncer que em um ano e oito meses o levou em quatro ocasiões à sala de cirurgia em Cuba e a várias sessões de quimioterapia e radioterapia.

De acordo com o prefeito do município Libertador de Caracas, Jorge Rodríguez, do governante partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), os tributos se estenderão por dez dias. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Hugo Cháevz Venezuela Nicolás Maduro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.