Venezuela marcha para celebrar Dia da Independência

Jatos de fabricação russa sobrevoaram a cidade de Caracas enquanto soldados marchavam pelas ruas da capital com rifles Kalashnikov na celebração do Dia da Independência da Venezuela nesta quarta-feira, numa demonstração do arsenal recém-adquirido pelo país que alarmou Washington.Jipes e tanques militares desfilaram na principal avenida da cidade e os dois jatos Sukhoi fizeram acrobacias para milhares de espectadores.Em seu discurso, o presidente Hugo Chávez propôs que os integrantes do Mercosul unam as forças armadas dos países para garantir a segurança da região. Segundo ele, o Mercosul "deve desenhar uma estratégia própria de segurança, soberania e defesa".Sobre os recém-comprados jatos russos, Chávez descartou que seu país esteja preparando um ataque militar. "A Venezuela não está se preparando para agredir ninguém, mas que ninguém venha a se meter conosco porque estamos dispostos a morrer todos aqui para salvaguardar a soberania desta terra", advertiu o mandatário, que aproveitou para reiterar suas críticas contra os Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.