Venezuela nega presença das Farc em seu território

A Venezuela divulgou uma nota de protesto contra a Colômbia por meio da qual rechaça um documento elaborado pelo Exército colombiano, segundo o qual guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) estariam em território venezuelano.A nota ressalta que "na região, suposto cenário de referidos atos, a Venezuela mantém uma ampla presença militar, além de outros organismos de segurança do Estado".Caracas qualificou como "ato malicioso" a difusão do comunicado de um militar colombiano, segundo o qual o território venezuelano serve de refúgio ou base para operações da guerrilha colombiana.A Venezuela informou que viu-se "compelida" a defender-se da "ameaça contra sua ordem e tranqüilidade interna" devido à "ausência de políticas de segurança suficientes e efetivas por parte do Estado colombiano".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.