Ariana Cubillos/AP
Ariana Cubillos/AP

Venezuela registra primeira morte pelo novo coronavírus

Vítima é homem de 47 anos que tinha condições pré-existentes, disse a vice-presidente Delcy Rodríguez

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de março de 2020 | 21h23

CARACAS - A Venezuela registrou sua primeira morte pelo novo coronavírus, anunciou o governo de Nicolás Maduro nesta quinta-feira, 26. 

A vítima é um homem de 47 anos do Estado de Aragua (norte), que sofria de uma "doença pulmonar", disse a vice-presidente Delcy Rodríguez em um discurso transmitido pela televisão. 

O paciente foi internado em março em uma clínica particular por conta de uma pneumonia e foi diagnosticado com covid-19 há três dias, segundo Rodríguez.

"Tendo uma causa muito séria de comorbidade (quando surgem duas ou mais doenças relacionadas), um histórico de doença nos pulmões, essa pessoa teve complicações e morreu", declarou a vice-presidente. 

Depois de detectar um novo caso em Caracas, o país registra um total de 107 infectados pelo novo coronavírus.

Como forma de impedir a propagação da pandemia, o governo venezuelano decretou uma quarentena nacional, suspendendo as atividades profissionais e aulas, bem como os voos nacionais e internacionais, com exceção dos voos de carga. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.