Venezuela terá eleição em 1 ano, diz presidente interino

O presidente interino da Venezuela, Pedro Camona, anunciou, em entrevista coletiva, que a eleição presidencial será realizada dentro de 365 dias e a expectativa é de que as eleições legislativas sejam realizadas mais cedo, mas ele não deu uma agenda exata.Espera-se que Carmona anuncie ainda hoje os nomes que irão compor o novo gabinete que conduzirá o período de transição, que provavelmente levará cerca de um ano.Ele pediu aos venezuelanos para continuarem pacientes e prometeu restaurar a confiança do investidor. "Nós não vamos falhar nessa responsabilidade que nos foi dada... Eu peço a todos o seu apoio, a era do homem forte acabou", disse Carmona.Carmona disse ainda que o governo provisório está agindo para restaurar as operações da estatal Petroleos de Venezuela SA.Leia tudo sobre a crise na Venezuela

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.