Venezuela terá eleições em 14 de abril, diz jornal

Constituição determina que as eleições sejam convocadas em até 30 dias desde a morte de Chávez

Agência Estado

09 de março de 2013 | 18h48

O Conselho Eleitoral da Venezuela anunciou que convocou eleições gerais no país para o dia 14 de abril, a fim de escolher o sucessor do ex-presidente Hugo Chávez. O ex-presidente morreu na última terça-feira, 5, segundo nota publicada pelo jornal El País.

 

O Artigo 233 da Constituição venezuelana estabelece que na "ausência total" de um presidente eleito nos primeiros quatro anos de mandato devem ser convocadas eleições gerais dentro de 30 dias.

 

O vice-presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi empossado oficialmente como presidente em exercício do país na última sexta-feira, 08. Durante o juramento, Maduro se afirmou filho ideológico de seu mentor e predecessor, Hugo Chávez. "Ficamos totalmente satisfeitos com o líder, o chefe que tivemos", disse após ser anunciado como presidente em exercício pelo líder da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello.

 

Em seu primeiro ato como presidente, Maduro convocou para o cargo de vice o ministro de Ciência e Tecnologia, Jorge Arreaza, que é casado com uma das filhas de Chávez.

 

(Com Agência Brasil)

Tudo o que sabemos sobre:
Venezuelaeleiçãodata

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.