Venezuela vai pedir extradição de Pérez

A Justiça venezuelana aprovou nesta quinta-feira pedir aos EUA e à República Dominicana a extradição do ex-presidente Carlos Andrés Pérez e de sua segunda esposa, Cecilia Matos, por suposto enriquecimento ilícito. "Esta extradição deve ser solicitada aos governos da República Dominicana, dos EUA e aos governos dos outros países nos quais eles possam encontrar-se", diz a sentença emitida pelo Superior Tribunal de Justiça. O documento, assinado pelo magistrado Alejandro Angulo Fontiveros, deixa claro que Pérez e Matos só poderão ser julgados pelo delito de enriquecimento ilícito e "em nenhum caso, por delitos políticos". Pérez é acusado de, supostamente, ter feito uso de "elevadas somas de dinheiro" para a manutenção de Matos e suas duas filhas menores nos Estados Unidos, durante seu segundo mandato e até dois anos depois. O dinheiro, aparentemente, seria proveniente de fundos públicos.

Agencia Estado,

24 Janeiro 2002 | 23h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.