Venizelos é nomeado vice-premiê da Grécia

O primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras, anunciou nesta segunda-feira uma reformulação do seu gabinete ministerial, após a saída do partido Esquerda Democrática da coalizão de governo. O líder do Partido Socialista (Pasok), Evangelos Venizelos, foi nomeado vice-premiê e ministro de Relações Exteriores, enquanto Yannis Stournaras permaneceu à frente do Ministério de Finanças.

Agência Estado

24 Junho 2013 | 16h01

Konstantinos Mitsotakis foi nomeado ministro de Reformas Administrativas. O novo gabinete tem 41 cargos, 11 dos quais ficarão com o Pasok. Os novos ministros devem tomar posse na manhã desta terça-feira, após Samaras e Venizelos anunciarem seu novo programa de governo.

Apesar de ter deixado a coalizão de governo, o Esquerda Democrática tem dito que pode apoiar as decisão da administração de Samaras, mas vai analisar os assuntos caso a caso. Sem o apoio do partido, a coalizão agora tem 153 das 300 cadeiras do Parlamento, mas pode conseguir a adesão de alguns deputados independentes, elevando sua base para 158 parlamentares. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
GréciapolíticaVenizelos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.