Ventania mata 16 e deixa milhares sem energia

Pelo menos 16 pessoas morreram em conseqüência de um vendaval que tomou conta do norte da Europa e Rússia na madrugada de hoje. A ventania rachou tetos, interrompeu o trânsito e deixou milhares de casas sem energia. Os ventos atingiram uma velocidade de mais de 120 quilômetros por hora, transtornando a Inglaterra e a Irlanda, depois de passarem pela Escandinava, Alemanha, Polônia e Rússia. Na Inglaterra, sete pessoas morreram. Técnicos disseram que 8.000 residências permanecem sem energia nesta terça-feira.

Agencia Estado,

29 Janeiro 2002 | 13h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.