Ventos fortes espalham incêndio em floresta do Arizona

O grande incêndio que forçou a retirada de várias comunidades das montanhas do leste do Arizona aumentou hoje para mais de 780 quilômetros quadrados, espalhando fumaça por cinco estados norte-americanos, disseram autoridades. Funcionários afirmaram que as labaredas queimaram milhares de hectares desde que começaram, há mais de uma semana, perto da cidade de Alpine, na região de White Mountain. As autoridades acreditam que uma fogueira abandonada possa ter desencadeado as chamas. Até agora, cinco prédios foram destruídos, mas ninguém está ferido gravemente.

AE, Agência Estado

06 de junho de 2011 | 20h51

Cerca de 2,5 mil bombeiros, inclusive de vários estados do oeste americano e de locais longínquos como Nova York, estão trabalhando para conter o incêndio, afirmou o oficial Peter Frenzen. No Arizona, o fogo e a fumaça espessa criaram uma área de difícil visibilidade, forçando o fechamento de inúmeras estradas, inclusive um trecho perto do Novo México. Os bombeiros acham que o incêndio vai aumentar por causa das previsões de ventos fortes e tempo seco. O estado ainda enfrenta outro grande incêndio, no sudeste, que ameaça duas comunidades. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
incêndiofogoflorestaArizonaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.