Veolia e Suez negam potencial fusão na França

As maiores companhias mundiais de água e esgoto, a francesa Veolia Environnement e a Suez Environnement, divulgaram comunicados, neste sábado, negando que haja conversas em andamento para fusão.

NALU FERNANDES, Agência Estado

20 de outubro de 2012 | 16h13

Os comunicados foram feitos diante de informações que circularam indicando que as companhias fariam uma fusão que criaria uma gigante no setor com valor de mercado de mais de US$ 11 bilhões, segundo pessoas com conhecimento sobre a questão.

A Veolia disse que "uma fusão com a Suez Environnement não está na agenda", enquanto a Suez negou "que esteja trabalhando em uma combinação de negócios com a Veolia".

Três pessoas familiarizadas com a questão disseram que a Suez fez a aproximação inicial. Mas as conversas nunca chegaram aos conselhos de diretores das empresas, segundo estas pessoas.

As conversas agora estão encerradas, de acordo com fontes, mas uma pessoa disse que podem ser retomadas no futuro. Uma fonte afirma que uma fusão completa entre as rivais seria impossível uma vez que as empresas são muito grandes na França e teriam de vender parte de seus negócios para garantir aprovação de órgãos antitruste.

O valor de mercado combinado da Suez e da Veolia não faz jus ao tamanho das duas companhias. Incluindo dívidas, o valor combinado das empresas estaria próximo a US$ 50 bilhões. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
água e esgotoantitruste

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.