Vereador japonês pretende atuar mascarado

Masanori Murakawa, um ex-campeão de luta-livre, está causando polêmica no Japão. Eleito vereador, ele quer continuar usando no cargo a máscara que o tornou famoso no ringue e durante a campanha eleitoral. Críticos de Masanori dizem que sua decisão de não revelar o rosto é "indecente".Mas nesta terça-feira, primeiro dia de funcionamento da Câmara de Morioka, no norte do Japão, Masanori manteve a máscara. Na quarta-feira, os vereadores da cidade se reúnem para decidir se ele terá permissão para continuar com a máscara a partir da primeira reunião formal da Casa.Masanori Murakawa foi eleito para o cargo no mês passado. Ele é mais conhecido no Japão como "O Grande Sasuke", o lutador que usa máscaras de vinil. A mudança de carreira não parece significar, no entanto, mudança de hábitos."Não tenho absolutamente qualquer intenção de tirar (a máscara), não importa a oposição a ela", disse Masanori, antes de tomar posse como vereador.Apesar da resistência, Masanori fez esforços para acalmar seus críticos. A máscara mais recente revela mais de sua face do que as criações anteriores, e em um dos lados tem a insígnia dourada que simboliza a região pela qual foi eleito.As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.