Veredicto de Bradley Manning é esperado para amanhã

Um tribunal militar norte-americano retomou nesta segunda-feira as deliberações finais do julgamento do soldado Bradley Manning, acusado de vazar segredos militares e diplomáticos dos Estados Unidos para o WikiLeaks.

AE, Agência Estado

29 de julho de 2013 | 14h12

A coronel Denise Lind comandava hoje o terceiro dia de deliberações, iniciadas após as conclusões das argumentações da promotoria e da defesa. A expectativa é de que o veredicto seja anunciado amanhã.

Manning é acusado, entre outras coisas, de "ajuda ao inimigo". Se for considerado culpado dessa acusação específica, ele pode ser condenado à prisão perpétua.

O soldado de 25 anos enfrenta 20 outras acusações, que incluem espionagem, fraude informática e roubo. Ele admite ter fornecido ao WikiLeaks acesso a milhares de documentos secretos na época em que trabalhava como analista de informação no Iraque.

Em seus argumentos, a promotoria tentou rotular Manning como um hacker anarquista e um traidor, enquanto a defesa buscou caracterizá-lo como um jovem ingênuo interessado apenas em expor crimes de guerra. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUABradley ManningjulgamentoWikiLeaks

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.