Veterano de 93 anos refaz salto na Normandia

O ex-paraquedista do Exército americano, Jim Martin, de 93 anos, reviveu ontem o salto que realizou junto com a 101.ª Divisão Aerotransportada há exatos 70 anos, quando o seu regimento foi o primeiro a entrar na Normandia, na madrugada do Dia D, para tentar aterrissar atrás das linhas inimigas e tomar a cidade de Carentan - missão que eles realizaram com sucesso.

SAINTE-MARIE-DU-MONT, FRANÇA, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2014 | 02h02

Martin, que refez o pulo acompanhado por outro paraquedista, em razão da idade avançada, disse que não sentiu medo e continuava achando um pouco chato a espera dentro do avião, o mesmo que possivelmente responderia caso fosse questionado após seu salto mais famoso.

"Este salto não me lembrou o que fiz durante a guerra porque, naquele, eles (os alemães) estavam atirando em nós", afirmou o ex-militar à TV americana CBS. "Quando você entra no avião, esquece de tudo. Você não tem tempo para ter medo. Mas é quando você pula que tudo fica emocionante."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.