Veterano líder das Farc está entre os 22 mortos

COLÔMBIA

, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2010 | 00h00

Um comandante da guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), pelo qual o governo dos EUA oferecia recompensa de US$ 2,5 milhões, está entre os 22 rebeldes mortos pelo Exército colombiano no fim de semana. Sixto Antonio Cabana morreu em um bombardeio contra seu acampamento no sul da Colômbia, na fronteira com o Equador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.