Veterano se desculpa por 'atos hostis'

O americano Merrill Newman, de 85 anos, preso na Coreia do Norte desde o fim de outubro, teria pedido desculpa por crimes cometidos durante a Guerra da Coreia e por "atos hostis" contra Pyongyang na viagem que fazia ao país. Autoridades norte-coreanas divulgaram um vídeo, datado de 9 de novembro, no qual Newman lê a suposta confissão. "Sou culpado por uma longa lista de crimes indeléveis contra o governo e o povo coreano. Por favor, perdoem-me", teria pedido. A declaração seria um possível indício de que o veterano pode ser solto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.