Veteranos que atacam Kerry têm ligação com a família Bush

Vários dos veteranos da Guerra do Vietnã que criticam a atuação do candidato democrata John Kerry no conflito têm ligações com a Casa Branca e com a família Bush, revela o jornal The New York Times. De acordo com o diário, o grupo também tem ligações com importantes políticos do Texas, onde o presidente George W. Bush foi governador e possui um rancho, e com Karl Rove, o principal assessor do líder americano.Na quinta-feira, Kerry declarou que esse grupo era uma fachada da campanha de Bush e o acusou de "fazer o trabalho sujo" para o presidente. Bush garantiu não ter ligação com esses veteranos e disse que reconhece e respeita o serviço militar de seu rival democrata, mas se negou a condenar o anúncio.Em meio ao debate sobre a atuação de Kerry no Vietnã, um grupo de veteranos americanos reuniu-se em Hanói, coração do que já foi o território inimigo, para manifestar seu apoio ao homem que lutou ao lado deles. "Chamando Bush de "falcão galinha" e de " fujão do alistamento", os veteranos de Hanói usavam uma camiseta com os dizeres "Americanos no Exterior por Kerry" com o rosto de Bush com um X sobre ele. Eles disseram que compartilham uma irmandade com Kerry, que foi ferido no Rio Mekong.

Agencia Estado,

20 de agosto de 2004 | 19h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.