Veto a chapéus e óculos escuros reduz assaltos em 36%

A Associação de Cooperativas de Crédito do Missouri informou que o número de assaltos a bancos no Estado americano caiu dramaticamente desde a adoção de uma política que proíbe as pessoas de entrar em agências bancárias usando óculos escuros, chapéus, bonés e capuzes. Segundo a associação, no ano até 1º de maio de 2004 houve apenas 75 assaltos a bancos no Missouri; no mesmo período do ano anterior haviam sido 117. "A proibição de chapéus, capuzes, bonés e óculos escuros tornou mais fácil para os funcionários e para a polícia identificar quaisquer suspeitos. A última coisa que um criminoso quer é mais atenção; por isso, é mais provável que eles saiam sem cometer assaltos", disse a presidente da associação, Rosie Holub. "O potencial para evitar assaltos a bancos e a cooperativas de crédito é evidente com esse programa", comentou o porta-voz do FBI, Jeff Lanza. Participam do programa no Missouri 132 bancos e 70 cooperativas de crédito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.