Veto à importação prejudica economia russa, dizem EUA

Segundo governo americano, imposição vai aumentar ainda mais isolamento russo

Estadão Conteúdo

06 de agosto de 2014 | 18h18

A porta-voz do governo dos EUA, Laura Lucas Magnuson, disse nesta quarta-feira que o decreto da Rússia banindo importações de produtos agrícolas norte-americanos vai servir apenas para aumentar ainda mais o isolamento russo do resto da comunidade internacional.

Para a Casa Branca, a retaliação contra empresas e países do Ocidente por causa das sanções impostas à Rússia só vai causar mais prejuízos à economia do país. Ela destacou uma declaração do Banco Central russo que alertou para o aumento da inflação e a deterioração do poder de compra dos cidadãos se a importação de alimentos fosse proibida.

Segundo Magnuson, os EUA mais uma vez pedem que a Rússia ajude a controlar o conflito entre o governo e separatistas no leste da Ucrânia. O apoio do governo de Vladimir Putin aos insurgentes foi o que motivou as sanções dos EUA e da União Europeia contra os russos.

A agência de notícias estatal RIA Novosti citou nesta quarta-feira a fala de um agente do governo russo que afirmou que a importação de todos os insumos agrícolas produzidos nos EUA seria banida. De acordo com o Serviço Agrícola Internacional de Washington, as exportações agrícolas dos Estados Unidos para a Rússia somaram US$ 1,3 bilhões em 2013. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RÚSSIAEUARETALIAÇÃOSANÇÕES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.