Veto russo e chinês a sanções ao Zimbábue é criticado

A Grã-Bretanha e os Estados Unidos criticaram hoje a China e a Rússia por terem vetado, ontem, uma resolução da Organizações das Nações Unidas (ONU) que imporia sanções ao Zimbábue. A Rússia e a China justificaram o veto afirmando que a situação no Zimbábue não coloca em risco a estabilidade e a paz mundial, o que respaldaria uma ação da ONU. A resolução previa o embargo de armas e o congelamento de bens de políticos do Zimbábue.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.