Vice de Chávez critica embaixador dos EUA

O vice-presidente venezuelano, José Vicente Rangel, disse que o embaixador americano em Caracas, Charles Shapiro, é um "irresponsável" por ter realizado, em sua residência, uma encenação humorística contra o presidente Hugo Chávez. Rangel qualificou nesta quinta-feira de "insólita" a posição de Shapiro e afirmou que seu comportamento representava um "ato de irresponsabilidade" que poderia encobrir uma "provocação" para abalar as relações entre a Venezuela e os EUA. As declarações foram feitas pelo vice-presidente dois dias depois de o embaixador americano comemorar em sua casa o Dia Mundial de Liberdade de Expressão com a apresentação de um cômico interpretando uma conhecida jornalista venezuelana e manipulando uma marionete que tinha o rosto de Chávez, vestido em traje militar e com sua boina vermelha. Rangel declarou à imprensa que Chávez não cederá a provocações, e que está disposto a manter as relações com os EUA "à margem da irresponsabilidade". "Não se dá atenção a um provocador", disse Rangel, ao mesmo tempo em declarou que o governo venezuelano aguarda uma explicação das autoridades sobre o comportamento de Shapiro.Rangel assegurou que o mandatário não se sentiu ofendido com a paródia. "É o povo venezuelano quem foi ofendido pelo senhor Shapiro", indicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.