Vice dos EUA se diz "desapontado" com o Irã

O vice-presidente dos EUA, Dick Cheney, reafirmou nesta sexta-feira as acusações feitas recentemente pelo presidente George Bush ao Irã. "Estou profundamente desapontado com a conduta do governo do Irã nos últimos meses", disse Cheney, um dia depois de as autoridades iranianas anunciarem a captura de 150 pessoas acusadas de ligações com a organização terrorista Al-Qaida. Discursando no Council on Foreign Relations, em Washington, Cheney disse que "muitos de nós têm a visão de que há uma grande vontade, por parte do povo iraniano, de restaurar e restabelecer relações com os EUA e com o Ocidente. Da mesma forma, o governo iraniano parece estar comprometido, por exemplo, com uma tentativa de destruir o processo de paz no conflito Israel-palestinos, e vimos muitos exemplos de seu apoio ativo ao terrorismo e seus esforços, como disse o presidente Bush dias atrás, no discurso sobre o Estado da União, para desenvolver armas de destruição em massa".O vice-presidente também afirmou que os EUA estão observando o Iraque com atenção e deverão conseguir apoio internacional caso decida agir contra aquele país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.