Vice-governador e juiz morrem em ataques no Afeganistão

Um vice-governador e um juiz foram mortos em ataques no Afeganistão, informaram autoridades do país nesta segunda-feira. A primeira vítima, Abdul Qadeem Patyall, 32, era um dos líderes da província de Kandahar e foi vítima de um atirador enquanto estava na sala de aula de uma universidade.

Estadão Conteúdo

03 de novembro de 2014 | 11h21

Segundo Samim Khpolwak, um porta-voz do governo local, Patyall estudava para se tornar um professor na Universidade de Kandahar, quando recebeu tiros no domingo, foi gravemente ferido e morreu horas depois em um hospital. O presidente Ashraf Ghani enviou condolências à família de Patyall e descreveu sua morte como um ataque terrorista. Uma delegação do governo irá investigar o homicídio.

Também no domingo, um juiz foi baleado e morto por um atirador em Feroz Koh, a capital da província de Ghor. Abdul Majid estava retornando para casa de uma mesquita quando sofreu o ataque. Assim como Patyall, ele chegou a ser socorrido e morreu no hospital.

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelas mortes até o momento, mas insurgentes do Taleban têm realizado atentados que têm por alvo integrantes do governo nos últimos meses. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.