Vice-prefeito de Moscou escapa de atentado

O vice-prefeito de Moscou, responsável por alguns dos setores de negócios mais lucrativos da capital russa, sobreviveu ao segundo atentado contra sua vida nesta quinta-feira, quando homens armados cercaram seu carro blindado e abriram fogo durante o horário de pico do trânsito moscovita.O ataque contra Iosif Ordzhonikidze, ocorrido na mesma avenida movimentada percorrida diariamente pelo presidente Vladimir Putin, foi definido por oficiais de polícia como ligado aos negócios de seu governo com cassinos, hotéis e empreiteiras.As autoridades de Moscou comentaram que o caso desta quinta tem ligação com a tentativa de assassinato contra Ordzhonikidze em dezembro de 2000, nos arredores da prefeitura. No primeiro atentado, ele ficou gravemente ferido e seu motorista morreu.No ataque desta quinta, o guarda-costas do vice-prefeito foi baleado no ombro e disparou contra os agressores, matando um deles. O motorista de Ordzhonikidze também ficou ferido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.