Rahmat Gul/AP
Rahmat Gul/AP

Vice-presidente do Afeganistão é alvo de ataque a bomba e explosão deixa 6 mortos

Ação acontece em meio a negociações de paz entre o governo afegão e o Talibã; Amrullah Saleh já sobreviveu a várias tentativas de assassinato

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2020 | 04h05

CABUL - O vice-presidente afegão Amrullah Saleh foi alvo de um ataque a bomba no centro de Cabul na manhã desta quarta-feira, 9. Segundo seu porta-voz, Saleh escapou ileso, mas a explosão deixou ao menos seis mortos e 12 feridos, dentre eles alguns dos seguranças do vice-presidente.

Não houve reinvidicação de autoria pelo ataque, que acontece em meio a negociações de paz entre o governo afegão e o Talibã. 

"Hoje, mais uma vez, os inimigos do Afeganistão tentaram atingir Saleh, mas falharam nessa missão e Saleh escapou ileso", escreveu o porta-voz Razwan Murad no Facebook. 

Saleh, que já foi chefe de inteligência, sobreviveu a várias tentativas de assassinato, incluindo uma em seu gabinete no ano passado, que deixou 20 mortos. 

Oficiais e diplomatas alertaram que o crescimento da violência enfraquece a confiança necessária para o sucesso das negociações que têm como objetivo finalizar a insurgência iniciada quando o Talibã foi retirado do poder em Cabul por forças estadunidenses em 2001./REUTERS e AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.