Evan Vucci/AP
Evan Vucci/AP

Vice-presidente dos EUA anuncia visita ao Brasil neste mês

Joe Biden deve conversar sobre comércio entre os países com a presidente Dilma Rousseff

Denise Chrispim Marin, correspondente em Washington,

08 de maio de 2013 | 19h14

WASHINGTON - A Casa Branca anunciou nesta quarta-feira, 8, a visita ao Brasil do vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, entre os dias 28 e 31. Biden passará pelo Rio de Janeiro e por Brasília, onde pretende tratar de economia e comércio com a presidente Dilma Rousseff e com o vice-presidente, Michel Temer. Ele visitará antes a Colômbia e Trinidad e Tobago.

Em comunicado, a Casa Branca não especificou os temas a serem tratados por Biden com Dilma e Temer. Apenas fez referências a "uma ampla gama de questões bilaterais, regionais e globais que vinculam nossos dois países". Nessa gama estarão certamente o ativismo dos EUA em concluir acordos de livre comércio com os blocos do Pacífico e da Europa, o interesse e as oportunidades dos dois países na área de energia e o conflito na Síria.

A presença de Biden no Brasil não foi programada como preparação da visita oficial da presidente Dilma Rousseff a Washington, prevista entre setembro e outubro. Em princípio, Dilma receberia as honras de visitante de Estado, que envolve visitas às sedes dos três Poderes e um jantar de gala a ser oferecido pelo presidente Barack Obama em sua homenagem na Casa Branca.

A visita de Dilma será definida entre o chanceler Antônio Patriota e o secretário de Estado dos EUA, John Kerry. Duas tentativas de encontro já foram frustradas e uma nova data ainda não foi anunciada.

As visitas de Biden ao Brasil e de Dilma aos EUA fazem parte da estratégia do governo de Barack Obama de reaproximação com a América Latina. Obama tem sido criticado pelo seu raro empenho nas relações dos EUA com países da região e do Caribe durante seu primeiro mandato.

Na semana passada, ele começou mudar sua agenda ao visitar o México e a Costa Rica. Em junho, receberá as visitas dos presidentes do Chile, Sebastián Piñera, e do Peru, Ollanta Humala.

Biden embarcará no dia 26 a Bogotá, onde se encontrará com o presidente colombiano, Juan Manuel Santos. No dia 27, chegará a Trinidad e Tobago, onde será recebido pelo primeiro-ministro Persad-Bissessar, que atualmente preside a Comunidade do Caribe (Caricom).

 
Tudo o que sabemos sobre:
EUABrasilDilma RousseffJoe Biden

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.