Vice-presidente dos EUA faz visita surpresa ao Paquistão

O vice-presidente dos Estados Unidos, Dick Cheney, fez um visita surpresa ao Paquistão nesta segunda-feira, 26, para conversar com o presidente paquistanês, Pervez Musharraf, sobre novos esforços de estabilização em áreas próximas ao Afeganistão.A ministra britânica de Assuntos Exteriores, Margaret Beckett, também está no Paquistão. Cheney chegou na manhã desta segunda-feira e foi direto ao escritório de Musharraf, que fica em Rawalpindi, no sul da capital Islamabad. O objetivo do encontro é estabelecer um diálogo sobre questões bilaterais e internacionais, segundo informações de fontes ligadas ao presdente paquistanês. Cheney e Musharraf devem discutir a situação no Afeganistão, assim como os esforços do líder paquistanês em reunir muçulmanos para a estabilidade do Oriente Médio.Segundo uma fonte do Ministério de Assuntos Exteriores do Paquistão, Musharraf informou a Cheney sobre as medidas tomadas por seu governo para evitar a infiltração no Afeganistão do Taleban e de membros da Al-Qaeda que têm base em solo paquistanês.O presidente também explicou a Cheney os passos dados para resistir aos ataques de terroristas suicidas cada vez mais freqüentes no Paquistão, país que, segundo Musharraf, sofre esta violência devido, principalmente, a sua aliança com os EUA na"guerra contra o terror".Musharraf também comunicou a Cheney os resultados de sua recente viagem pelo Oriente Médio e recebeu, segundo fontes da chancelaria, uma resposta positiva de seu interlocutor, que elogiou a cooperação do Paquistão e mostrou sua confiança em que tomará medidas "mais efetivas" para erradicar o terrorismo.Os EUA aumentaram sua presença militar no Afeganistão em 3.200 soldados para ajudar a conter a ofensiva de primavera que os taleban levam a cabo cada ano, depois da redução das ações durante o rigoroso inverno no hemisfério norte.Visita britânicaA ministra britânica de Assuntos Exteriores, Margaret Beckett, também está no Paquistão. Ela se reuniu também nesta segunda-feira com seu homólogo paquistanês, Khurshid Kasuri.Beckett e Kasuri falaram juntamente em uma coletiva de imprensa, depois de um diálogo em que ela disse que o Paquistão "continua comprometido" em combater o Taleban e a Al-Qaeda.Os líderes exploraram as possibilidades de cooperação entre o Reino Unido e o Paquistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.