Vice-presidente retira seu apoio ao presidente da Bolívia

O vice-presidente da Bolívia, o independente Carlos Mesa Guisbert, retirou hoje seu apoio ao presidente Gonzalo Sánchez de Lozada e exigiu que sejam retificadas suas decisões no momento em que crescem os pedidos pela renúncia do mandatário. Mesa rompeu seu silêncio hoje depois de sangrentos enfrentamentos no fim de semana na cidade de El Alto que deixaram pelo menos 20 mortos. "Não posso continuar apoiando uma situação como a que estamos vivendo", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.