Vice-procurador é preso pela morte de líder sérvio

O vice-procurador-geral da República da Sérvia, Milan Sarajlic, foi preso, como parte da investigação do assassinato do primeiro-ministro Zoran Djindjic, crime cometido semana passada, em Belgrado. A informação é da emissora Pink, citando fontes da polícia. Segundo essas fontes, Sarajlic teria contatos com a quadrilha Zemul (nome de um dos subúrbios da capital), principal grupo suspeito pelo assassinato. Após a prisão realizava-se uma busca na casa do funcionário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.