Vídeo mostra complô para dominar governo peruano

O foragido ex-assessor de inteligência Vladimiro Montesinos montou um complô com congressistas do partido do ex-presidente Alberto Fujimori paraintervir progressivamente no Judiciário, na Procuradoria e no sistema eleitoral, a fim de assumir o controle total do Estado. Foi o que ficou evidente após a exibição hoje de um vídeo no Congresso, no qual se vê Montesinos instruindo 15 legisladores dos partidos Cambio 90 e Nova Maioria, que formavam a maioria governista no Legislativo, para que aumentassem sua ingerência sobre o sistema judiciário, de modo a estendê-la ao Jurado Nacional de Eleições, a fim de garantir a segunda reeleição de Fujimori em 2000. O vídeo, gravado em abril de 1998, foi enviado ao Congresso pela Procuradoria da Nação para que seja avaliada a conduta dos 15 congressistas. Na fita, Montesinos - após avaliar que o grupo tinha a seu favor, em 1998, o Judiciário, o Ministério Público (a Procuradoria), o Tribunal Constitucional e contra eles o Conselho Nacional de Magistratura - adverte seus comparsas sobre o que poderia ocorrer no ano 2000: "Se não tivermos maioria (no Congresso) mas controlarmos o Ministério Público e o Judiciário, poderemos manejar a situação. Mas se isto sair fora de nosso controle, desde os ministros até o último funcionário do Estado, todos cairemos em mãos do Judiciário".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.