Vídeo mostra fuzilamento de iraquianos "colaboradores"

Um texto e um vídeo divulgados pela internet mostram o que parece ser a execução, por fuzilamento, de três caminhoneiros iraquianos que "confessaram" transportar suprimentos para tropas americanas.O grupo responsável, que se intitula Exército Ansar al-Sunna, diz ter capturado as vítimas enquanto transportavam mercadorias de Safwan, porto da fronteira do Kuwait, para a base americana de Taji. Não foi possível autenticar a declaração e as imagens. Tudo foi divulgado por um website conhecido por exibir conteúdo ligado ao extremismo islâmico. O Ansar al-Sunna já havia se responsabilizado pelo seqüestro e morte de 12 reféns nepaleses no Iraque.No vídeo, um dos caminhoneiro, identificado como Abbas Muslim Nouri, diz: "Aconselho os caminhoneiros a não trabalhar para os americanos e não fazer serviços desse tipo". Mais tarde, o vídeo mostra três homens deitados no chão, com as mãos amarradas, recebendo tiros de um terrorista armado com fuzil AK-47.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.