Vídeo mostra jornalista americano capturado no Iraque

Um jornalista americano seqüestrado por militantes iraquianos diz em um vídeo que está sendo bem tratado. Hoje, um jornalista italiano também foi dado como desaparecido no país árabe. O vídeo do americano foi transmitido pela emissora de televisão Al-Jazira depois de um importante assessor do clérigo xiita Muqtada al-Sadr ter exigido a libertação do jornalista Micah Garen. Apesar da intervenção, não houve nenhuma menção a uma possível libertação. "Eu sou um jornalista americano no Iraque e pediram-me para que desse um recado: eu estou no cativeiro e estou sendo bem tratado", diz Garen no vídeo. Apesar de parte do som da gravação ser inaudível, o locutor informou que Garen também pediu o fim do banho de sangue em Najaf, onde forças americanas e iraquianas estão em choque com milicianos radicais ligados a Al-Sadr há duas semanas. Em Roma, o Ministério das Relações Exteriores da Itália informa que Enzo Baldoni está desaparecido no Iraque. Baldoni, que viajou ao país árabe a serviço da revista italiana Diario, poderia estar em Najaf.Veja o especial sobre Muqtada al-Sadr e saiba quem é o líder da rebelião xiita no Iraque

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.