Vídeo mostra suposta decapitação de iraquianos

Um vídeo divulgado hoje em um site islâmico mostra o que parece ser a decapitação de três iraquianos membros de um partido curdo, acusados de colaborar com as forças invasoras. O comunicado que acompanha o vídeo, assinado pelo Exército Ansar al-Sunna, diz que os três eram membros do Partido Democrático de Kurdistão e tinham sido capturados a cerca de 25 quilômetros de Bagdá. Até o momento não foi possível confirmar a autenticidade do vídeo."Os militares doram decaptados depois de serem interrogados e seus cadáveres foram jogados em um caminho de Mosul para que sirvam de exemplo e como represália em nome de nossas mulheres, crianças e idoso que morrem diariamente devido aos ataques americanos", diz o comunicado. O vídeo mostra três homens apresentando suas carteiras de identidade e depois sendo decapitados, um a um. O Exército Ansar al-Sunna também assumiu a autoria dos ataques a bomba nas cidade de Irbil, em 1º de fevereiro, no qual morreram 109 pessoas, e do assassinato de 12 reféns nepaleses no mês passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.