Vídeo mostra terroristas em festa de casamento

Um vídeo de um casamento em uma mesquita mostra os pilotos suicidas que participaram dos ataques de 11 de setembro contra os EUA festejando a ocasião com outros supostos conspiradores, incluindo alguns que possivelmente ainda não foram identificados. O vídeo das bodas de Said Bahaji, em outubro de 1999, foi filmado em um salão da mesquita de al-Quds em Hamburgo - suposto centro de recrutamento da Al-Qaeda - e foi parar em mãos da polícia pouco após os ataques de 2001 contra Nova York e Washington. Após os ataques terroristas, a fita da celebração forneceu aos investigadores as principais conexões entre os atacantes suicidas e outros suspeitos de pertencer à célula de Hamburgo. Passa dos 20 o número das pessoas já identificados no vídeo, entre eles o principal seqüestrador, Mohamed Atta; Mohamed Haydar Zammar, um suposto recrutador da Al-Qaeda agora detido na Síria; e Mamoun Darkazanli, um alemão de origem síria que, segundo os EUA, participou do complô mas ainda não foi detido.Também está presente Abdelghanzi Mzoudi, um marroquino detido na Alemanha que foi processado pela Promotoria alemã por seu desempenho na célula de Hamburgo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.