Vídeos mostram ação global da Al-Qaeda, diz especialista

A organização terrorista Al-Qaeda trava uma "jihad" (guerra santa) universal e tem ramificações em várias partes do mundo, segundo análises de especialistas da inteligência americana, com base em vídeos adquiridos pela rede de televisão CNN. Na suposta videoteca pessoal de Osama bin Laden - 64 fitas pelas quais a CNN diz ter pago US$ 30.000 - o líder da Al-Qaeda colecionava imagens de treinamentos nos lugares mais "quentes" do mundo. No segmento final de uma série de cinco capítulos, a rede mostrou hoje cenas dos ataques ao World Trade Center, captadas com uma filmadora por um militante diretamente de uma tela de tevê em seu refúgio no Afeganistão. A CNN também transmitiu vários videoteipes mostrando militantes islâmicos lutando ou treinando na Chechênia, Ásia e África. "Tivemos uma imagem compreensiva do alcance global da Al-Qaeda", disse Rohan Guranatna, um especialista em terrorismo e autor de um livro sobre a Al-Qaeda, que viu as fitas. "Claramente nos mostram que a Al-Qaeda está travando uma jihad (guerra santa) universal". O teipe contendo a cobertura dos atentados de 11 de setembro é "a última gravação de toda a coleção", disse Nic Robertson, o correspondente que obteve os vídeos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.