HO/IRIB/AFP
HO/IRIB/AFP

Vídeos mostram ataque do Irã a bases com soldados americanos no Iraque

De acordo com o governo americano, múltiplas localidades foram atingidas; ainda não há informações oficiais sobre vítimas

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de janeiro de 2020 | 22h44

Ao menos duas bases com soldados americanos no Iraque foram atacadas com mísseis balísticos disparados do Irã na noite desta terça-feira, 7, informou o Pentágono. Nas redes sociais, circulam vídeos que mostram os possíveis momentos dos ataques. 

Ainda não há informações oficiais sobre vítimas, mas fontes de segurança iraquianas afirmaram à CNN que iraquianos foram mortos na base de Ain al-Assad, no oste do país. A base de Erbil, na região do Curdistão iraquiano, também foi atingida. 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ainda não se manifestou oficialmente sobre o ataque. De acordo com o governo americano, ele está monitorando a situação e em diálogo com a equipe de segurança nacional.

Em seu canal no Telegram, a Guarda Revolucionária ameaçou atacar dentro dos EUA e as cidades de Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e Haifa, em Israel, se Irã for bombardeado pelos EUA. "Dessa vez nós responderemos a você (governo americano) nos EUA."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.