Vieira de Mello disputa prêmio de direitos humanos da UE

O enviado especial da ONU para o Iraque, o brasileiro Sérgio Vieira de Mello, morto num ataque terrorista, o secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, e o ex-chefe dos inspetores de armas da ONU, Hans Blix, são candidatos ao principal prêmio de direitos humanos da Europa, anunciou o Parlamento Europeu.Também fazem parte da lista de candidatos definida pelo Comitê de Assuntos Exteriores da Assembléia da União Européia o chefe da Agência Internacional de Energia Atômica, Mohamed ElBaradei, por seu trabalho com Blix no Iraque.O jornalista iraniano encarcerado Akbar Ganji foi igualmente relacionado, por seu protesto contra o governo de Teerã. A decisão sobre quem receberá o "Prêmio Sakharov para a Liberdade de Pensamento" deste ano e os ? 50.000 que o acompanha será tomada em 16 de outubro.O nome do prêmio é uma homenagem ao falecido dissidente soviético Andrei Sakharov. A distinção é oferecida anualmente pelo parlamento a defensores dos direitos humanos e da democracia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.