Vietnã atribui a erro humano o naufrágio do navio com 12 mortos

Vitimas fatais são dos Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Rússia, França, Suécia e Suíça

Efe

20 de fevereiro de 2011 | 05h52

HANÓI - A Polícia do Vietnã atribuiu neste domingo, 20, a um erro humano o afundamento de um navio com turistas na baía de Halong, norte do país, na sexta-feira passada no qual morreram 12 pessoas de nove nacionalidades diferentes, informaram fontes policiais.

O porta-voz da Polícia Le Thanh Binh disse que um dispositivo que permite a entrada de água para esfriar o motor e que também expulsa a que entra no navio estava desligado.

O naufrágio ocorreu às 5h (horário local) quando a embarcação na qual viajavam pelo menos 20 turistas, um guia e seis tripulantes fazia uma excursão para contemplar o parque natural com a luz do alvorada.

Segundo os dados oficiais, as vítimas fatais incluem turistas dos Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Rússia, França, Suécia e Suíça, junto com um guia vietnamita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.