Vietnã e EUA iniciam limpeza de agente laranja

Vietnã e EUA iniciam oficialmente ontem o processo de descontaminação de agente laranja. Cerca de 80 milhões de litros de dioxina foram espalhados pelos americanos durante guerra, nos anos 70. O governo vietnamita estima que até 3 milhões de pessoas tenham sido expostas à contaminação.

HANÓI, O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2012 | 03h01

Perto da antiga base americana em Danang, crianças doentes e avós com câncer continuam sofrendo as consequências da contaminação. Os americanos usaram o veneno nas selvas do sul do Vietnã para destruir os bosques e os cultivos usados pela guerrilha comunista. Boa parte dos produtos foi misturada, armazenada e carregada nos aviões em Danang.

Na operação de limpeza histórica de americanos e vietnamitas, o solo contaminado será submetido a um processo de aquecimento para transformar a dioxina em um componente inofensivo. "A dioxina do agente laranja continua tendo graves consequências", disse, na cerimônia que marcou o início do processo, o vice-ministro vietnamita da Defesa, Nguyen Chi Vinh. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.