Vigília marca 3º aniversário da morte de Jean Charles

Familiares e amigos de Jean Charles de Menezes realizaram hoje uma vigília em Londres para marcar o terceiro aniversário do assassinato do brasileiro pela polícia britânica. Os participantes da homenagem acenderam velas e depositaram flores na frente da estação de metrô onde Jean Charles, então com 27 anos, foi morto pela polícia britânica com sete tiros na cabeça em 22 de julho de 2005.Duas semanas antes, quatro homens-bomba promoveram atentados suicidas que provocaram a morte de mais 52 pessoas em três estações de metrô e um ônibus na capital britânica. Um dia antes da morte de Jean Charles houve uma tentativa fracassada de novos atentados contra Londres.A polícia, que mais tarde pediu desculpas pelo erro, alegou ter confundido Jean Charles com um dos suspeitos dos atentados fracassados do dia anterior à morte do brasileiro.No ano passado, a polícia britânica foi considerada culpada de violar normas de saúde e segurança no episódio que resultou na morte do brasileiro, mas nenhum integrante da polícia foi individualmente responsabilizado pelo incidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.