Vinte e três corpos são recuperados em mina inundada na China

No total, 57 pessoas trabalhavam na hora da inundação, dos quais 21 conseguiram escapar ou foram resgatados

EFE

03 de agosto de 2008 | 05h30

As equipes de resgate recuperaram 23 cadáveres de mineradores presos após a inundação de uma mina, há duas semanas, no sul da China, aumentando para 30 o número de mortos confirmados em função do acidente, informou neste domingo a agência oficial "Xinhua". O acidente ocorreu em 21 de julho, na Mina Nadu, na região autônoma de Guangxi Zhuang, quando as fortes chuvas provocaram uma inundação que deixou presos 36 mineradores. No total, 57 mineradores estavam trabalhando no interior da mina no momento da inundação, dos quais 21 conseguiram escapar ou foram resgatados. Com reservas de 2,9 milhões de toneladas de carvão, a mina produz 190 mil toneladas por ano. O setor de mineração da China é o mais perigoso do mundo, apesar de o número de acidentes ter caído 20% em 2007, ano em que foram registradas 3.786 mortes.

Tudo o que sabemos sobre:
MinaCarvãoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.