Vinte egípcios morrem afogados em acidente com balsa no rio Nilo

Pelo menos 20 pessoas morreram afogadas no Rio Nilo enquanto viajavam para visitar o túmulo de um parente, informou neste sábado a imprensa egípcia.

REUTERS

30 de abril de 2011 | 12h45

O jornal Al Masry Al Youm afirmou que cinco pessoas ainda estavam desaparecidas depois de um microônibus alugado para a visita ter caído de uma balsa no rio, na província de Beni Suef, ao sul do Cairo, na sexta-feira.

Hayat Taha Ali, um dos sobreviventes, disse ao jornal Al-Ahram que as famílias lembrariam o 40o dia da morte de um de seus parentes.

"O ônibus caiu no Nilo quando estava desembarcando da balsa e tudo que eu lembro é que estar no hospital", afirmou Ali. O jornal Al Shorouk informou que o capitão da balsa foi detido para ser interrogado.

No últimos anos, uma série de acidentes fatais envolvendo meios de transportes causaram críticas ao governo do ex-presidente Hosni Mubarak, derrubado em uma revolta popular em fevereiro.

(Reportagem de Sami Aboudi)

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOACIDENTENILO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.