AFP
AFP

Vinte mil sírios foram para o Líbano nas últimas 24 horas

Fonte de segurança libanesa afirma que normalmente apenas cinco mil sírios cruzam a fronteira

estadão.com.br,

19 de julho de 2012 | 15h44

BEIRUTE - Cerca de 20 mil sírios saíram do seu país de origem e viajaram pela fronteira principal com o Líbano nas últimas 24 horas, disse uma fonte de segurança libanesa que trabalha na fronteira, após intensos combates em vários distritos de Damasco. O número de sírios que cruzam a fronteira oficial geralmente é cerca de 5 mil por dia, disse a fonte.

Veja também:

link No Conselho de Segurança, Rússia e China vetam resolução sobre a Síria proposta pelo Ocidente

link Forças do governo sírio mantêm ataques no centro de Damasco

Na quarta-feira, os rebeldes promoveram o maior golpe contra o regime do presidente Bashar Assad, desde março de 2011, com um atentado contra o prédio de Segurança Nacional. O ministro e o vice-ministro da Defesa, Dawoud Rajiha e Assef Shawkat, respectivamente, morreram.

Shawkat era uma das figuras mais temidas do círculo próximo ao presidente sírio. Além deles, o assistente do presidente, general Hassan Turkmani, também morreu. Outros integrantes do alto escalão do regime sírio ficaram feridos.

Após o atentado, a oposição síria denunciou a morte de mais de 60 pessoas em bombardeios e ataques das forças do regime. Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, pelo menos 62 civis e rebeldes (20 deles na capital Damasco) morreram. Os Comitês de Coordenação Local (CCL) elevaram este número para 102 pessoas.

Com Reuters 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.